O Instituto Rildo Lasmar foi fundado em 1997 pelo Dr. Rildo Lasmar.

Oferecendo uma visão mais humanizada em todos os procedimentos clínicos, O Instituto Rildo Lasmar se destacou ao longo de sua trajetória por manter-se atualizado quanto a novos conhecimentos, e também na utilização de tecnologia de ponta produzindo resultados surpreendentes nas restaurações estéticas, nos procedimentos ortodônticos, na implantodontia, cirurgia bucomaxilofacial e clinica geral.
Além de um completo centro cirúrgico equipado com os mais avançados equipamentos e um corpo clínico renomado, com profissionais especializados, o Instituto conta ainda com uma estrutura planejada para promover conforto, inspirar beleza e arte estando conectandos aos conceitos de visagismo aplicados a odontologia, promovendo equilíbrio entre a estética e a personalidade de cada paciente, o resultado são sorrisos personalizados e em perfeita harmonia com a imagem individual que o paciente quer projetar.

A maioria das pessoas sabe que a visita semestral ao consultório odontológico é fundamental para garantir o diagnóstico precoce de problemas bucais e a consequente manutenção da saúde bucal. Por outro lado, muitos pacientes adiam o momento da consulta por medo dos possíveis diagnósticos e tratamentos necessários.

image (1)Embora uma grande parcela da população afirme ter odontofobia, essa é uma condição que afeta apenas 15% da população mundial. Nesses casos, que se caracterizam por uma reação exagerada e desproporcional ao perigo enfrentado, o paciente apresenta sinais bastante característicos, tais como: falta de ar, taquicardia, calafrios e até desmaios.

O restante das pessoas possui apenas medo do dentista, um problema que pode ser facilmente contornado com conversa e algumas medidas simples. Confira abaixo algumas dicas de como perder de vez o medo do consultório odontológico.
 
– SAÚDE ACIMA DE TUDO
Tenha sempre em mente que a consulta odontológica, bem como todos os tratamentos realizados, existe para benefício da saúde bucal. Em geral, deixar de visitar a dentista apenas adia o “sofrimento”, uma vez que aumenta as chances de que os problemas bucais se desenvolvam mais e tornem a consulta ainda pior, quando ela inevitavelmente acontecer.
 
– PERGUNTE
Jamais deixe de tirar todas as suas dúvidas e receios em relação a seus problemas bucais e tratamentos odontológicos necessários. A dentista está aí para, entre outras coisas, explicar detalhadamente todos os procedimentos que serão realizados, minimizando suas preocupações.
 
– PEÇA CALMANTES OU SEDATIVOS
Se você está nervoso mesmo após conhecer todos os detalhes do tratamento, não tenha vergonha de pedir para a dentista administrar uma dose leve de sedativo, suficiente para deixá-lo mais calmo durante o procedimento.

– CRIE DISTRAÇÕES AUDITIVAS
Caso o seu medo esteja relacionado com o barulho estridente e assustador emitido pelo motorzinho da caneta de alta rotação — usada para remover tecidos comprometidos —, leve um aparelho de som portátil e curta suas músicas preferidas no fone de ouvido, tampando o som da broca.
 
– CONFIANÇA
A dentista é responsável por estudar e tratar todo o sistema estomatognático, que compreende ossos, musculatura mastigatória, articulações, e tecidos da face, pescoço, e cavidade oral. A formação em Odontologia demora cerca de 5 anos — sem contar as especializações —, e inclui disciplinas básicas da área de saúde e matérias profissionalizantes. Lembre-se, portanto, que você está nas mãos de um profissional capacitado e treinado, e não há nada a temer.

PUBLICADO NO PORTAL LUDOVICA 30/05/2015

LEAVE A REPLY

loading
×